quarta-feira, 20 de junho de 2018

Nordeste carece de novas lideranças políticas


*Ionas Carvalho de Araújo

A região Nordeste é conhecida historicamente por sua força no campo político, graças à voz e a expressão das suas lideranças políticas a nível nacional.
Entretanto, vem com o passar do tempo se enfraquecendo, isso graças à carência de representantes desta classe, que tenham uma visão macro dos problemas que atingem a nossa região e principalmente, que externem e utilizem a coragem, tão peculiar e genuína dos nordestinos, no embate junto ao Governo Federal, nas decisões governamentais que afetam e prejudicam o Nordeste. 
A resposta a esta fragilidade dá-se porque, infelizmente, os atuais políticos estão tão preocupados em priorizar e particularizar tanto os seus interesses locais dos seus Estados, que deixam de perceber que 90% dos problemas são comuns a todos os Estados do Nordeste e que atacados conjuntamente e organizadamente, independentemente das diferenças partidárias e ideológicas, seriam mais fáceis de serem combatidos e enfrentados.
Por isso, os Governadores do Nordeste tem se reunido constantemente para uma troca de idéias sobre os problemas da região, mas infelizmente os seus resultados são imperceptíveis ou até inócuos por falta de voz e expressão desses atuais governadores.
O Nordeste chegava a falar grosso perante a União quando teve, por exemplo, lideranças políticas como os governadores Miguel Arraes de Alencar e Eduardo Campos à frente do governo de Pernambuco, Tasso Jereissati e Ciro Gomes à frente do governo do Ceará, Antônio Carlos Magalhães e Waldir Pires à frente do governo da Bahia, José Sarney no Maranhão e por aí vai.
Por isso, vejo a urgente necessidade da classe política do Nordeste primeiro, deixar o olhar paroquiano de lado e acreditar que podem “MAIS” e, segundo, atuarem além das divisas com o propósito de resgatar a força política da nossa região no cenário nacional, para assim acelerarmos de forma eficaz e eficiente o crescimento e o desenvolvimento sócio econômico da nossa região.

*Advogado, ex-prefeito de Serra de São Bento e ex-deputado estadual do RN