sexta-feira, 6 de março de 2015

Programa do Tribunal lança o “Justiça Pela Paz em Casa” no domingo, na 'Cidade da Criança', no bairro do Tirol

O lançamento oficial da Semana Nacional “Justiça Pela Paz em Casa” acontece domingo (8), Dia Internacional da Mulher, às 17 horas, na Cidade da Criança, no bairro do Tirol em Natal. Cerca de 15 mil processos tramitam na Justiça Estadual a cerca de casos que envolvem violência contra a parcela feminina da sociedade.
A coordenadora estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, juíza Fátima Soares, lembra que nos primeiros dois meses deste ano, foram apresentados à Justiça neste segmento uma média de 200 por mês.
De acordo com pesquisa divulgada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em 2013, o Nordeste é a região que lidera o número de homicídio de mulheres, com uma taxa de 6,9 casos por 100 mil mulheres. O RN aparece com média 6,31 casos, acima do parâmetro nacional, que é de 5,8.
Antes do lançamento oficial do citado evento, acontece, às 8 horas, uma caminhada na praia de Ponta Negra com as mulheres da Vila e, simultaneamente, na Zona Norte, haverá a caminhada “Mulher Geração”, com saída no supermercado Nordestão do conjunto Santa Catarina até o Complexo Cultural.
Na segunda-feira (9) haverá audiências sobre casos de violência doméstica no Complexo Judiciário, em Potilândia, a partir das 8 horas. E às 17 acontece a inauguração da sala da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica, no antigo prédio do Grande Hotel, no bairro da Ribeira. Também nesta solenidade, ocorrerá a assinatura do decreto que irá regular a competência das Delegacias da Mulher pelo Governo do Estado.

Agenda
Vários eventos irão acontecer até 14 de março. Na segunda-feira, às 16, o Conselho Municipal da Mulher de Natal entrega a Medalha Nísia Floresta, no Salão Nobre da Prefeitura. Na terça (10) o ônibus itinerante do TJ estará em frente à Igreja Santo Antônio, em Parnamirim. O veículo também estará posicionado em São Gonçalo do Amarante, nos dois turnos, na quinta (12) e na Igreja Betesda, em Candelária, dia 14.
O Núcleo de Apoio à Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar, do Ministério Público Estadual, irá realizar entre 9 e 13 de março, apresentações sobre questões de gênero, panfletagem, divulgação da rede de atendimento sócio-jurídica as pessoas em situação de violência doméstica e familiar. Promover um momento lúdico para as crianças que compareçam as audiências realizadas neste período.

No interior
Um dos pontos altos da programação acontece na Comarca de Campo Grande, na região Oeste do Estado, com a realização de diversas atividades referentes a luta das mulheres por mais conquistas na sociedade, numa agenda que vai das 8 às 16 horas.
Pela da manhã será inaugurada a Sala da Mulher no Fórum local, com palestra da psicanalista Graça Oliveira, a respeito da Autoestima da Mulher.
Ainda serão homenageadas as mulheres empreendedoras da cidade e as três primeiras-damas das cidades que integram a Comarca: Campo Grande, Paraú e Triunfo Potiguar.
Um dos destaques da programação é a história do bairro criado por um padre alemão e que teve as casas construídas por mães solteiras. O “Bairro das Mulheres” é cenário de um complexo de produção de artesanato, gerador de renda para elas e suas famílias. (Assessoria de Imprensa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário