quinta-feira, 9 de abril de 2015

'Casa da Palavra' chega na cidade de Ceará Mirim


Projeto realiza pela primeira vez oficinas de teatro e mamulengo, depois de passar por município seridoense, região central e Oeste potiguar

Com patrocínio cultural da Cosern e Oi, o município de Ceará-Mirim recebe entre os dias 15 e 17 de abril, o projeto itinerante Casa das Palavras, com uma vasta programação cultural gratuita, valorizando as artes e os artistas potiguares. O projeto já percorreu as cidades de Assu, Pau dos Ferros e Currais Novos.

Em Ceará-Mirim serão realizadas oficinas de coral, contação de história, e pela primeira vez, oficinas de teatro e mamulengo. Com seu conceito amplo, a Casa das Palavras pode se adequar de acordo com cada cidade visitada, com abertura para realizações de palestras, lançamentos de livro, bate papo com autores, etc, destacando sempre as principais manifestações culturais locais. 

Além das oficinas, que acontecerão no CEU das Artes, a Casa das Palavras levará para a Estação Cultural de Ceará Mirim até o momento, apresentações da Banda de Música Tenente Djalma, Coral Canto do Vale, o poeta Antônio Francisco, Grupo Pau e Lata, e muito mais. Na ocasião, será lançado o livro “Escola Dominical” de Ciro Pedroza.

O objetivo da Casa das Palavras é disseminar e fortalecer a cultura local através de oficinas de cordel, xilogravura, coral, contação de histórias e apresentações culturais. O projeto envolve crianças, jovens, adultos e idosos, e estimula o processo criativo de cada um. Se por um lado, trabalha-se com a capitação dos indivíduos, por outro, cria-se a possibilidade de interação dessas pessoas com o encantador mundo das artes e seus protagonistas no Estado.


Mini-bibliotecas
Os municípios visitados pela Casa das Palavras receberão mini-bibliotecas em formato de casinha artesanal, onde os leitores podem compartilhar livros, cordéis, gibis e as pessoas que transitam pela rua, bairro e comunidade têm acesso a esse material. A proposta para manter a casa sempre cheia é a liberdade e o incentivo para que os leitores possam pegar emprestado, ler, devolver e doar novos livros. O fluxo libertário é a aposta para que a mini-biblioteca estimule e dê ânimo aos leitores.
O Projeto Casa das Palavras é patrocinado pela Cosern, Oi, Governo do RN, através da Lei Câmara Cascudo e tem o apoio da Secretaria Municipal de Educação, Fundação Nilo Peçanha, Céu das Artes e Oi Futuro. (Assessoria de Imprensa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário