domingo, 19 de abril de 2015

Empresas incubadas do 'Instituto Metrópole Digital' (UFRN) obtêm faturamento de R$ 11 milhões

As empresas incubadas na Inova Metrópole, incubadora de empresas vinculada ao Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) obtiveram um faturamento bruto de quase R$ 11 milhões em 2014. O valor arrecadado é superior ao faturamento da melhor incubadora do Brasil, segundo a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC).

O deputado federal Rogério Marinho (PSDB), criador do Metrópole Digital, celebrou a notícia. Para o parlamentar, o projeto está confirmando a expectativa gerada, incluindo Natal no mapa da tecnologia da informação e contribuindo de forma decisiva para uma revolução na economia potiguar. "E o melhor é saber que tudo isso ainda é apenas o começo. O Metrópole ainda tem muito a conquistar e sempre contará com nosso total apoio", disse o parlamentar.

De acordo com o professor Anderson Cruz, gerente da Inova Metrópole, esse faturamento é o resultado do trabalho desenvolvido pela incubadora junto ao esforço das empresas incubadas, que estão transformando o mercado de Tecnologia da Informação (TI) no Rio Grande do Norte. “Nossa incubadora ainda não tem nem dois anos e conseguiu chegar a resultados bem impressionantes para a nossa região e mesmo para o Brasil”, comenta Anderson. Ele ressaltou ainda o fato da Inova Metrópole já ter graduado uma empresa, a SIG Software, que utiliza tecnologia desenvolvida na UFRN e está se consolidando como a maior empresa de TI do estado.

Parte do sucesso da Inova Metrópole é proveniente das boas relações da incubadora com o empresariado potiguar. Anderson comentou que os empresários contatam a Inova Metrópole buscando tecnologias na área de TI e para avaliar possíveis parcerias com a incubadora. 

A Inova Metrópole também faz parte da Rede Potiguar de Incubadoras, que agrega as incubadoras do estado. Nessa rede, segundo Anderson, as incubadoras aprendem umas com as outras através da troca de suas experiências. “E a Inova é vista como um bom modelo a ser seguido”, completa.

A incubadora Inova Metrópole tem atualmente 11 empresas incubadas e 12 pré-incubadas, enquanto pode atender a uma demanda de 50 empresas no seu espaço físico. O professor Anderson Cruz ressaltou também que a incubadora está buscando um fluxo maior de entrada na pré-incubação, em processos de entrada semestrais. “

O investimento ainda é baixo diante da estrutura da incubadora. Em 2014 foram investidos R$ 120 mil através de edital do SEBRAE e cerca de R$ 90 mil provenientes das taxas de participação das empresas na incubadora. O apoio federal parte da estrutura da universidade. Segundo o gerente da incubadora, “sem o Metrópole Digital e UFRN não teríamos condições de alcançar esses resultados”.

Fonte: Site IMD

Nenhum comentário:

Postar um comentário