terça-feira, 28 de julho de 2015

O preso é o ex-governador Fernando Freire, mas quem primeiro abre o bico é o agora blogueiro Renato Dantas

José Vanilson Julião
Jornalista

A recente localização e conseqüente prisão do ex-governador do Rio Grande do Norte, Fernando Freire, no Rio de Janeiro, causou rebuliço nas redes sociais e foi o prato principal da imprensa potiguar entre a manhã do domingo e durante todo o dia da segunda-feira.
Sem entrar nas questões processuais, noticiadas por todos, vi que logo apareceram os paladinos do oeste, mas não pude deixar de rir com a audácia da postagem do ex-vereador e ex-presidente do Poder Legislativo municipal, Renato Dantas, responsável pelo “Blog do Primo”.
Primeiro com o título: “Vice-governadoria de Fernando Freire era um criatório de gafanhotos do governo Garibaldi Alves”. Em seguida o subtítulo: “Garibaldi Alves repassava o dinheiro e Fernando Freire gratificava, ou seja, um costurava e o outro dava o nó”. (negritos nosso)
Por último, três fotografias com a legenda: - No governo do PMDB Henrique Alves votou em Fernando Freire para governador e Garibaldi Alves garantiu a eleição para o Senado.
Renato Dantas, chamado de soldado Vasco (por ser torcedor do clube carioca), critica o estardalhaço da imprensa, acusa jornalistas de receber dinheiro (sem citar nomes), e enumera o ambiente festivo dos gabinetes do poder.
O interessante nisso tudo é que ele afirma que chegou a ser convidado a levar cinco nomes para receberem contracheque e se negou a tal situação. Na vice-governadoria, localizada em uma mansão da Avenida Hermes da Fonseca, no bairro do Tirol.
Agora como fica o Ministério Público e a Justiça, diante do detalhamento do comentário do blogueiro?

PS: Em março este espaço noticiou, com exclusividade, que Fernando Freire fora visto, por uma fonte segura, na sede da Justiça Federal, no bairro de Lagoa Nova, nesta capital.


Nenhum comentário:

Postar um comentário