domingo, 11 de setembro de 2022

Dois sites de esquerda repercutem demissão do chargista

A repórter Isabele Santos, da agência natalense "Saiba Mais" - a mídia local mais engajada na divulgação da administração e na campanha de reeleição da governadora Maria de Fátima Bezerra (PT) - fez a reportagem e o site "Viamundo" reproduz a reportagem sobre a demissão do chargista Rodrigo Brum do jornal diário matutino "Tribuna do Norte".

A saída do chargista natural de Macaé (Rio de Janeiro) e radicado na capital potiguar desde 2006, quando passou a compor o quadro redacional do extinto diário vespertino "O Jornal de Hoje", foi anunciada por ele mesmo em rede social na quinta-feira (8/9).

Brum alega motivação política para a demissão do jornal fundado em 1949, com primeira edição no final do segundo semestre do ano seguinte, pelo então deputado federal e depois governador Aluizio Alves. A TN passou ao controle acionário do empresário Flávio Azevedo em 2019.

O profissional tinha espaço na página dois ("Opinião") e o vinha aproveitando diuturnamente para fazer carga contra o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, o que teria desagrado o candidato suplente de senador Flávio Azevedo.

Enquanto Bolsonaro era o preferido, o ex-presidente Luís Inácio da Silva e a governadora Fátima Bezerra eram poupados sistematicamente da crítica em um jornal controlado por um adversário político.

Há até quem diga que estava faltando a motivação local no espaço opinativo em forma de caricaturas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário