quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Jornalista cerro-coraense é entrevistado pelo tradicional programa ‘Memória Viva’ da Televisão Universitária


Repórter há 40 anos, com passagens pelo centenário A República e semanário Dois Pontos – ambos desativados – e com pouco mais de 20 anos na Tribuna do Norte, o jornalista José Valdir Julião, 60, é o entrevistado da noite desta quinta-feira do tradicional programa Memória Viva, da Televisão Universitária (canal cinco).
O programa vai ar as 20h45, com reprise no domingo, 2, as 14h45. Como entrevistadores o irmão J. Vanilson e o ex-deputado estadual, ex-prefeito de Serra de São Bento e advogado Ionas Carvalho de Araújo Filho.
Sem ordem cronológica, falecidos e vivos, entre os entrevistados que passaram pelo prestigiado programa: Dinarte de Medeiros Mariz, Aluízio Alves, José Cortez Pereira de Araújo (governadores), escritor Luis da Câmara Cascudo, músico Oriano de Almeida, professor Paulo Freire, dom Helder Câmara, animador cultural Cornelio Campina, radialista Eli Morais, narrador Januário de Oliveira, futebolista Alberi José Ferreira de Matos e o professor João Bosco Teixeira.
Ainda: compositor Laélio Ferreira de Melo, reitor Belchior de Oliveira Rocha, político Afrânio Amorim, deputado estadual Antonio Capistrano, comunista Luis Carlos Prestes, escritor Ormuz Barbalho Simonetti, jornalista Arlindo Freire e a colunista Hilnete Correia.
Pela bancada de entrevistador passaram os professores Carlos Lira e Tarcisio Gurgel. O programa elenca personalidades que marcaram a história do Rio Grande do Norte ou com repercussão nacional. O “Memória” é veiculado desde o começo da década de 80.


Nenhum comentário:

Postar um comentário